Chatbot

A rede social, através dos aplicativos de mensageria, tais como: Facebook Messenger, Skype, WhatsApp dentre outros, assumiram um papel importante no dia-a-dia das pessoas e passou a ser um canal para quem quer agilidade nos processos.

Na medida que já é possível a troca de mensagens mais complexas, como fotos, geolocalização, áudio e conseguir interagir, interpretar e responder aos mais variados estímulos de uma conversa, neste contexto, a aplicabilidade de um chatbot adiciona inteligência ao processo de conversação atendendo objetivos específicos do seu negócio, tais como: venda de um serviço e/ou produto.

Mas o que é chatbot?

São programas baseados em regras de negócio que se utilizam de inteligência artificial, para simular o comportamento humano, através da linguagem natural.

Portanto, a sua aplicabilidade pode ser diversificada e estimulada buscando padronização e rapidez em várias áreas do seu negócio, tais como:

  • Solicitação de serviços de assistência;
  • Compras;
  • Call Center;
  • Vendas de produtos;
  • Obtenção de informações;
  • E outros …

De que compõe um chatbot?

A interação com o seu Cliente será feita através de um canal. O canal é um conjunto de aplicativos de mensageria (Facebook Messenger, Skype e etc.) e até mesmo o seu website ou Apps. É através do canal que se dará à conversação com o chatbot.

A partir do momento que o chatbot identificou o que seu Cliente deseja, é enviado uma mensagem para o seu sistema Legado. Estas mensagens precisarão ser validadas à luz das regras de negócio e segurança do seu negócio.

Pois bem, mas para o chatbot identificar o que o Cliente deseja, é necessário que o mesmo esteja equipado com inteligência artificial cujo objetivo é tornar os diálogos o mais próximo possível da linguagem humana.

Mas para que tudo isso seja possível, é necessário que haja um conjunto de APIs que farão o papel de se comunicar com o seu Legado e responder adequadamente as mensagens do seu Cliente.